Conecte-se a nossa Rede

Aconteceu

Mãe denuncia hospital do DF por negligência após cesárea: ‘Bebê não mama e não chora’

Avatar

Publicado

dia

Recém-nascida está internada em UTI neonatal de Santa Maria. Secretaria de Saúde diz que houve complicações ‘inesperadas’.

Thuany dos Santos Pereira e o marido, Abimael Tavares, alegam negligência médica durante parto cesárea no Hospital Regional de Santa Maria, no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Uma bebê recém-nascida está internada na UTI neonatal do Hospital Regional de Santa Maria desde o parto – no dia 5 de janeiro – sem reflexos naturais, supostamente por complicações durante a cesárea.

A alegação da família é que houve “negligência da equipe médica” após quatro dias de espera, entre idas e vindas ao hospital, para fazer o procedimento. “A bebê não mama e não chora”, disse a mãe da criança, Thuany dos Santos Pereira.

Já a Secretaria de Saúde afirma que houve complicações “imprevisíveis” e “inesperadas” (leia íntegra ao final).

A mãe da criança diz ainda que havia procurado a unidade de saúde por quatro dias consecutivos – desde 1º de janeiro. Ela afirma que, em todas as ocasiões, sentiu fortes dores, mas foi orientada pelos médicos a voltar para casa.

A explicação do hospital era que Thuany estava com 38 semanas de gestação, período inferior ao recomendado pelo Ministério da Saúde para a realização de cesárea. O órgão federal indica que o procedimento seja feito a partir da 39ª semana.

Thuany também não se encaixava nos pré-requisitos para fazer um parto normal. Segundo ela, os médicos diziam que o colo do útero estava “fechado”, sem contrações e que os sinais vitais da bebê estavam normais.

No entanto, a advogada da família, Thaise Dias Lima de Souza, afirma que Thuany estava com 38 semanas e 5 dias quando esteve no hospital pela primeira vez. No dia da cesária, a gestante estava com 39 semanas e 2 dias.

“O que chama mais atenção é que ela sempre entrava no hospital com os documentos. Todos eles, pré-natal e cartão de gestante, atestavam a semana em que realmente estava.”

No quarto dia de busca por atendimento médico, a mulher acabou sendo submetida a uma cesárea porque, segundo relatos da paciente, a bebê corria risco de vida. Neste dia, Thuany esteve duas vezes no hospital, às 6h, quando passou por avaliação médica e foi dispensada, e às 14h, quando precisou ser internada.

Complicações no parto

Centro Obstétrico do Hospital Regional de Santa Maria, no Distrito Federal — Foto: TV Globo/Reprodução

Centro Obstétrico do Hospital Regional de Santa Maria, no Distrito Federal — Foto: TV Globo/Reprodução

Durante a cesárea, houve “falta de oxigenação” para a bebê e, desde então, a recém-nascida não reage a estímulos externos. “Ela não consegue respirar sozinha, ela não se mexe direito”, disse Thuany à reportagem.

“Coisas simples que um bebê podia fazer, ela não consegue, como chorar, piscar o olho, tossir, mamar.”

A Secretaria de Saúde afirma que Thuany não passou pelo procedimento na manhã do dia 5 de janeiro, porque não apresentou contrações rítmicas, estava com o colo uterino fechado e a vitalidade da bebê era normal –”características de que ela não estava em franco trabalho de parto”, de acordo com a pasta.

“Por essa razão, foi orientada a retornar para residência e, caso houvesse aumento nos quadros de contrações, retornar ao hospital.”

Centro Obstétrico do Hospital Regional de Santa Maria, no Distrito Federal — Foto: TV Globo/Reprodução

Centro Obstétrico do Hospital Regional de Santa Maria, no Distrito Federal — Foto: TV Globo/Reprodução.

Quando Thuany voltou, cerca de oito horas depois, estava “com ruptura uterina inesperada e imprevisível”, segundo a secretaria. “Ela foi prontamente atendida e levada ao centro cirúrgico, sendo a cesariana devidamente realizada.”

A pasta afirma ainda que “nenhum exame poderia diagnosticar a possibilidade de ruptura do útero” e que a equipe médica havia levado em consideração o fato de Thuany ter feito um parto normal há cerca de dois anos, “sem complicações”.

Na cesárea, porém, a mulher teve um rompimento no útero e passou por uma laqueadura – procedimento cirúrgico que liga as trompas uterinas para interromper o percurso dos ovócitos até o útero e, assim, evitar a gravidez.

Thuany diz que teve uma gestação “tranquila” e que não se deparou com qualquer “anormalidade” durante o pré-natal. Ela e o marido, Abimael Tavares, registraram boletim de ocorrência sobre o caso.

O que diz o GDF?

Em nota, a Secretaria de Saúde disse:

“O Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) informa que, inicialmente, T.P [Thuany] não recebeu indicação de cesariana , porque a paciente ainda estava com 38 semanas de gestação. Conforme o protocolo do Ministério da Saúde, o parto cesáreo deve ser realizado apenas após 39 semanas de gestação em pacientes sem complicações, o que não era o caso dela.

Esclarecemos que em cinco de janeiro (5/1), às seis horas da manhã, ela foi avaliada pelo médico plantonista, sem apresentar contrações rítmicas, com colo uterino fechado, vitalidade fetal normal, características de que ela não estava em franco trabalho de parto. Por essa razão, foi orientada a retornar para residência e, caso houvesse aumento nos quadros de contrações, retornar ao hospital.

Por volta das 14 horas, a paciente retornou já com um quadro de complicação, com ruptura uterina inesperada e imprevisível. Ela foi prontamente atendida e levada ao centro cirúrgico, sendo a cesariana devidamente realizada.

Ressalte-se que nenhum exame poderia diagnosticar a possibilidade de ruptura do útero. Além disso, foi levado em consideração que ela já havia tido um parto normal há cerca de dois anos, sem complicações.

A paciente está de alta hospitalar e o recém-nascido continua sob cuidados da UTI Neonatal, recebendo toda atenção necessária por parte da equipe médica do HRSM.”

 

Clique para Comentar

Fazer um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ERROR: si-captcha.php plugin: GD image support not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable GD image support for PHP.

ERROR: si-captcha.php plugin: imagepng function not detected in PHP!

Contact your web host and ask them to enable imagepng for PHP.

Aconteceu

Suspeito de espancar e esfaquear cunhada no pescoço é preso no norte do estado

Avatar

Publicado

dia

Por

A polícia informou que o homem é usuário de drogas e estava sob efeito de substâncias químicas quando tudo aconteceu. Ele teria atacado a mulher do irmão por acreditar em uma suporta traição.

Suspeito estava foragido desde setembro de 2020 — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu um homem de 33 anos que é suspeito de tentar matar a cunhada com três facadas no pescoço em Axixá, no norte do Tocantins. O crime foi em setembro de 2020. Na época a vítima precisou ser internada após o ataque. O nome do suspeito não foi divulgado pela polícia e por isso o G1 não conseguiu localizar a defesa dele..

O delegado do caso, Thyago Bustorff, explicou que o homem é usuário de drogas e estaria sob o efeito das substâncias no dia do crime. Ele teria começado a discutir com a cunhada porque acreditava em uma suposta traição por parte dela. O irmão do suspeito que é casado com a vítima interferiu e conseguiu socorrer a mulher.

Na época, ele ainda derrubou a vítima no chão e desferiu diversos golpes contra ela antes de ser desarmado. Ele estava foragido da Justiça desde a época e foi localizado na manhã desta terça-feira (11) em Axixá. Agora o homem deve responder por tentativa de feminicídio.

Continue Lendo

Aconteceu

Dono de desmanche de veículos é preso por receptação em Uberlândia

Avatar

Publicado

dia

Por

Prisão aconteceu na manhã desta segunda-feira (8), após um veículo roubado em Itumbiara ser rastreado até o desmanche.

Proprietário do local afirmou ter comprado veículo de um vendedor de Catalão — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Um homem foi preso nesta segunda-feira (8) em Uberlândia, após ser identificado como o dono de um desmanche de veículos roubados. A prisão aconteceu após um veículo roubado na sexta-feira (7), em Itumbiara, ser rastreado até o desmanche. O veículo foi recuperado.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a corporação foi acionada na manhã desta segunda (10) para ir até o Bairro Segismundo Pereira. Os solicitantes eram funcionários de uma empresa de rastreamento de veículos e informaram aos militares que o caminhão roubado estava no endereço denunciado, na Rua Amâncio Jorge Monteiro.

Uma guarnição policial se deslocou até o local denunciado e foi atendida por um homem de idade não informada, que se identificou como o proprietário da empresa. Lá dentro os militares encontraram diversos equipamentos, objetos de veículos, ferramentas e caminhões desmontados, inclusive o veículo roubado em Goiás.

Policiais encontraram peças de diversos veículos no local — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Policiais encontraram peças de diversos veículos no local — Foto: Polícia Militar/Divulgação.

Segundo relato do suspeito aos policiais, ele havia comprado o caminhão naquele mesmo dia de um homem conhecido por ter uma garagem de compra e venda de veículos na cidade de Catalão, no estado de Goiás. Ele afirmou ter dado uma entrada de R$ 50 mil e que pagaria mais dez parcelas as de R$ 25 mil. Ele iria desmontar o veículo e pintá-lo de vermelho para depois revendê-lo.

Os funcionários da empresa de rastreamento identificaram o caminhão pelo chassi, cor e modelo. Além disso, a documentação dele também foi encontrada no local. Assim o suspeito foi detido por receptação e levado para a delegacia de plantão. O caminhão foi encaminhado juntamente com as peças já desmontadas para um pátio.

Continue Lendo

Aconteceu

Dois funcionários são parcialmente soterrados após desabamento em obra de condomínio em Brasília

Avatar

Publicado

dia

Por

Trabalhadores foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para Hospital de Base; estado de saúde ‘é estável’. Incidente aconteceu no fim da manhã desta terça-feira (11), na Octogonal.

Bombeiros resgatam operários após deslizamento de terra em obra no DF — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Dois funcionários de uma obra em um condomínio na Octogonal, em Brasília, foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros após serem parcialmente soterrados, nesta terça-feira (11). Segundo os militares, os trabalhadores atuavam na impermeabilização da parede da garagem do prédio, quando uma tubulação de água se rompeu e causou o deslizamento de terra.

O incidente aconteceu por volta das 11h30. Seis funcionários estavam no local no momento do acidente, mas apenas dois ficaram soterrados. Inicialmente, os demais trabalhadores tentaram resgatar os colegas, mas não tiveram sucesso.

Dois funcionários são soterrados em obra em Brasília, nesta terça-feira (11) — Foto: Arquivo pessoal

Dois funcionários são soterrados em obra em Brasília, nesta terça-feira (11) — Foto: Arquivo pessoal

Segundo o Corpo de Bombeiros, Domingos Ribeiro, de 34 anos, foi levado ao Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF) com suspeita de fratura no pé direito e escoriações pelo corpo. Já Isac Pereira, de 22 anos, não apresentava ferimentos aparentes, mas foi encaminhado à unidade de saúde porque reclamava de dores na coluna cervical.

Continue Lendo

Aconteceu

Policial civil reage a assalto e mata suspeito, em Vicente Pires, no DF

Avatar

Publicado

dia

Por

Continue Lendo

Aconteceu

Foragido da Papuda há cinco anos é recapturado pela Polícia Penal

Avatar

Publicado

dia

Por

Os policiais identificaram que o interno utilizava mais de um nome falso para despistar a polícia, de modo a inviabilizar a recaptura

(crédito: Polícia Penal/Divulgação)

A Polícia Penal do Distrito Federal recapturou, nesta quarta-feira (28/4), um homem foragido do Complexo Penitenciário da Papuda desde 2016. Segundo as investigações, o preso foi contemplado com a ‘saidinha’ — benefício concedido pela Vara de Execuções Penais — em julho e não mais retornou ao sistema prisional na data prevista.

Os policiais identificaram que o interno utilizava mais de um nome falso para despistar a polícia, de modo a inviabilizar a recaptura. Ele foi preso por volta das 6h, em casa, em São Sebastião.

O preso tem passagens por furtos diversos, porte ilegal de arma de fogo, ameaça e dano, receptação, além de duas ocorrências por furto de bicicleta. Após ser detido, ele foi encaminhado à 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião) e deve ser readequado na Papuda.

Continue Lendo

Aconteceu

Após trocar tiros com policiais militares, criminoso é morto em Samambaia

Avatar

Publicado

dia

Por

Segundo a PMDF, durante patrulhamento nas Quadras 400 de Samambaia, os policiais ordenaram que o motorista de um veículo parasse. Após perseguição, suspeitos saíram do carro armados

No carro, a polícia encontrou 3kg de maconha – (crédito: PMDF/Divulgação)

Um tiroteio deixou um suspeito morto na madrugada desta quarta-feira (28/4), em Samambaia. A troca de tiros entre criminosos e policiais militares das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) começou após a corporação ter sido atacada.

Segundo a PMDF, durante patrulhamento nas Quadras 400 de Samambaia, os policiais ordenaram que o motorista de um veículo parasse. O condutor, no entanto, não teria obedecido e a equipe deu início à perseguição. No Morro do Sabão, os dois criminosos abandonaram o carro e saíram do automóvel. Armado, um dos homens atirou contra os militares, que reagiram.

O criminoso baleado chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro conseguiu fugir para um matagal. Dentro do carro, roubado no Novo Gama, em Goiás, a polícia encontrou 3kg de maconha prensada. A equipe também apreendeu um revólver calibre 38, com três munições deflagradas e duas intactas. O material apreendido foi entregue à 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte).

 

Continue Lendo

Viu isso?