Home » Ciência » Natureza e Meio Ambiente » Lobo-guará e Tamanduá-bandeira são resgatados pela Polícia Ambiental, no DF

Lobo-guará e Tamanduá-bandeira são resgatados pela Polícia Ambiental, no DF

Tamanduá foi atropelado e lobo-guará estava ferido em uma das patas. Animais foram levados para atendimento no Zoológico de Brasília.

O Batalhão de Policiamento Ambiental do Distrito Federal resgatou, na manhã desta segunda-feira (14), um tamanduá-bandeira e um lobo-guará feridos. Os dois animais foram levados para o Zoológico de Brasília e estão sendo cuidados pela equipe de veterinários do zoo.

Segundo a Polícia Ambiental, o tamanduá-bandeira foi atropelado na BR 040, rodovia que corta o Distrito Federal. “Ele estava debilitado e sem conseguir andar”, informaram os militares.

Lobo-Guará ferido se escondeu em uma casa da QI 23, no Lago Sul, em Brasília  — Foto: PMDFl/Divulgação

Lobo-Guará ferido se escondeu em uma casa da QI 23, no Lago Sul, em Brasília — Foto: PMDFl/Divulgação

Já o lobo-guará tinha ferimentos em uma das patas. Ele buscou abrigo em uma na QI 23, no Lago Sul. Os donos do imóvel chamaram a Polícia Ambiental quando encontraram o bicho.

Ao chegarem no local, os militares encontraram o animal escondido no quintal da casa.

Tamanduá-bandeira

O tamanduá-bandeira é um mamífero nativo da América. Ele recebe esse nome em referência à forma da cauda, que lembra uma bandeira.

Durante a fase adulta, o animal chega a medir 190 centímetros e pesar 40 quilos. A espécie normalmente se alimenta de formigas, cupins, larvas e besouros, e pode ingerir até 30 mil insetos por dia.

Tamanduá-bandeira — Foto: Suziane Fonseca/Zoo BH

Tamanduá-bandeira — Foto: Suziane Fonseca/Zoo BH

No Brasil, os tamanduás vivem nos campos naturais e no Cerrado. Nas outras regiões é considerado de difícil visualização e está na lista dos animais em risco de extinção.

Entre as três espécies encontradas no país, o bandeira é a mais ameaçada. Cerca de 30% da população desses animais foram extintos nos últimos 10 anos. Os hábitos solitários dificultam a reprodução, que gera apenas um filhote por ano.

Lobo-guará

Lobo-guará é o maior canídeo da América do Sul. Um animal adulto chega a medir 1,30 metro de corpo, além de 40 cm de cauda, podendo atingir 1 metro de altura e pesar mais de 20 kg.

O lobo-guará pode medir em torno de 1,3 metros — Foto: José Nélio Miranda/VC no TG

O lobo-guará pode medir em torno de 1,3 metros — Foto: José Nélio Miranda/VC no TG

No Brasil, eles vivem no Cerrado, Campos Sulinos, na Caatinga e na borda do Pantanal. A espécie é onívora, se alimenta de pequenos roedores, répteis, aves e também de frutos.

Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?