Home » Mundo » Ásia » Coreia do Norte não desistiu de armas nucleares, diz Bolton

Coreia do Norte não desistiu de armas nucleares, diz Bolton

A Coreia do Norte culpou os Estados Unidos, nesta segunda-feira (30), pelo fracasso na retomada do diálogo entre os dois países. Durante discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, o embaixador norte-coreano, Kim Song, criticou provocações políticas e militares vindas de Washington.

Ele afirmou ainda que a retomada das conversas entre os países depende apenas do governo norte-americano. Ainda nesta segunda-feira, o ex-conselheiro de segurança nacional, John Bolton, afirmou que a Coreia do Norte não abandonou o programa de armas nucleares.

Em sua primeira aparição desde a saída da Casa Branca, Bolton disse que agora poderia falar em termos claros sobre a grave ameaça norte-coreana. De acordo com o ex-conselheiro, o país asiático se beneficia do impasse estabelecido com os Estados Unidos.

Ele afirmou ainda que o líder Kim Jong-Un não desistirá das armas nucleares voluntariamente.

Conhecido por ser um forte oponente ao regime norte-coreano, John Bolton foi demitido do cargo que ocupava na Casa Branca há três semanas. Para Donald Trump, o ex-conselheiro errou ao exigir um desarmamento unilateral da Coreia do Norte.

As negociações entre os dois países permanecem paralisadas desde a cúpula em Hanói, no início do ano.

O presidente norte-americano afirmou na semana passada que outro encontro poderia acontecer em breve, mas não deu maiores detalhes.

 

Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?