Home » Brasil » Congresso » Reforma da Previdência só em 2019

Reforma da Previdência só em 2019

De graça, não

O plano da dupla Jair Bolsonaro-Paulo Guedes era o de tentar aprovar a reforma da Previdência ainda este ano por três motivos: para testar desde já sua força no Congresso; para se a reforma fosse aprovada poder dizer que já começara a entregar o que prometera mesmo antes do inicio do governo; e para jogar nas costas do atual governo eventuais desgastes com a aprovação de reforma tão impopular.

Não deu certo e dificilmente daria. A dupla foi advertida por quem poderia fazê-lo ontem no final da tarde que o atual Congresso está machucado demais com os resultados das eleições. Muita gente ali não se reelegeu ou foi derrotada ao disputar outros cargos. Não parece disposta a arcar com nenhum outro sacrifício. De resto, aprovar a reforma agora sairia barato para o próximo governo. Melhor que ele pague alguma coisa a partir de janeiro.

Fonte: Portal Veja

 

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?