Home » Tecnologia » Produtos » Polícia Federal e TSE criam grupo para combater notícias falsas durante eleição

Polícia Federal e TSE criam grupo para combater notícias falsas durante eleição

A Polícia Federal, o Ministério Público e o Superior Tribunal Eleitoral vão montar um grupo especialmente dedicado a combater notícias falsas durante as eleições para presidente e governador em outubro, revelou a Agência Brasil nesta quarta-feira, 10.

O grupo terá como objetivo “a discussão de medidas que possam ser adotadas nas eleições deste ano”, e atende a uma demanda de Luiz Fux, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) que assumirá a presidência do TSE em fevereiro.

Curiosamente, porém, o governo já tem um grupo de trabalho dedicado a notícias falsas. O atual presidente do TSE, Gilmar Mendes, criou no fim de 2017 um “conselho consultivo” encarregado de desenvolver pesquisas sobre o tema e determinar o impacto que notícias falsas têm no processo eleitoral.

Por enquanto, detalhes sobre as atribuições deste novo grupo não foram divulgados. Notícias falsas, porém, são motivo de preocupação para vários países. Recentemente, o presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou planos para sancionar uma lei de combate a boatos espalhados em redes sociais.

No ano passado, o governo da Alemanha também estudou a possibilidade de multar empresas de tecnologia, como Facebook e Google, que não conseguissem evitar a propagação de notícias falsas pela internet. O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, também se comprometeu a melhorar a capacidade da rede social de lidar com o problema.

Publicação: Redação Brasil (m)
Tags

Publicações Similares

Login

Perdeu sua senha?