Home » Aconteceu » Parte da rodoviária do Plano Piloto, em Brasília, é interditada pela Defesa Civil

Parte da rodoviária do Plano Piloto, em Brasília, é interditada pela Defesa Civil

Ao todo, 2,4 mil metros quadrados foram bloqueados após rompimento de cabos que sustentariam um novo pilar. Embarque de quatro rotas foi alterado; confira.

Equipes da Defesa Civil do Distrito Federal interditaram, nesta quarta-feira (10), parte do térreo da rodoviária do Plano Piloto, no centro de Brasília. Segundo o órgão, cabos que sustentariam o pilar de uma nova estrutura se romperam, gerando risco de desabamento.

Ao todo, 2,4 mil metros quadrados foram isolados – 1,2 mil na plataforma inferior, e outros 1,2 mil na superior. A interdição atingiu o conjunto de escadas mais próximo à Esplanada dos Ministérios e as catracas que dão acesso ao BRT.

Segundo a assessoria da rodoviária, quatro linhas terão o embarque alterado enquanto a interdição durar:

  • 0.620 e 620.1: as linhas ligam o centro de Brasília a Planaltina. O embarque será feito no Eixo L, ao lado da plataforma superior, no trecho próximo ao Teatro Nacional
  • 22.02 e 23.02: são as linhas paradoras do BRT. O embarque será feito no Eixinho W, entre o Conjunto Nacional e o Conic.

O acesso aos ônibus do BRT, segundo o DFTrans, continua a ser feito nas margens da plataforma B. Para contornar a interdição, um recuo foi montado entre as fitas de isolamento e os tapumes de obras, criando um “corredor” para os passageiros (foto abaixo).

Corredor improvisado para passageiros acessarem BRT na rodoviária do Plano Piloto, em Brasília — Foto: Letícia Carvalho/G1

Corredor improvisado para passageiros acessarem BRT na rodoviária do Plano Piloto, em Brasília

Instalação frustrada

Segundo a Companhia Urbanizadora do DF (Novacap), responsável pela manutenção dos espaços públicos, o dano estrutural foi registrado durante a instalação de duas antenas de fibra ótica na rodoviária.

Enquanto os operários trabalhavam, 10 dos 60 cabos que sustentam um dos pilares da plataforma se romperam. Por precaução, a Defesa Civil optou por isolar o perímetro até uma avaliação dos riscos. Não há prazo para que o espaço seja liberado.

Escada interditada por risco de dano estrutural na rodoviária do Plano Piloto, em Brasília — Foto: Letícia Carvalho/G1

Escada interditada por risco de dano estrutural na rodoviária do Plano Piloto, em Brasília

No trecho voltado para a Esplanada, a escada central e a rota de acesso às catracas do BRT foram interditadas. Nas fotos, não é possível ver danos estruturais, como rachaduras ou queda de placas, por exemplo.

O trecho interditado fica a poucos metros de uma área isolada por tapumes, onde operários trabalham na revitalização do espaço. As obras de restauração da rodoviária do Plano Piloto começaram em 2014, e não devem ser concluídas até dezembro.

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?