Home » Brasil » Segurança » Operação da PF prende frentista suspeito de estuprar bebê em SP

Operação da PF prende frentista suspeito de estuprar bebê em SP

Um casal brasileiro gravou cenas de abuso sexual e distribuiu o vídeo na internet; investigação teve ajuda da Interpol

A Polícia Federal (PF) decretou nesta sexta-feira, 17, a prisão preventiva de um frentista de 33 anos que é acusado de estuprar um bebê no interior de São Paulo. O caso ocorreu durante operação para identificar suspeitos de produzir e distribuir na internet arquivos com abuso sexual de crianças e adolescentes. A investigação contou com a ajuda da Interpol e da polícia internacional da Austrália e da França.

Em março, um casal foi preso no leste europeu, acusado de abusar de crianças da própria família, registrar em arquivos de imagens e vídeos e compartilhar na internet, inclusive na Darkweb – um espaço na internet que não pode ser acessado por meios convencionais de busca. Com o auxílio da cooperação, a PF chegou às informações sobre um casal brasileiro que abusa sexualmente de um bebê em um vídeo.

De acordo com a PF, foram identificados dois locais onde o vídeo teria sido produzido, além de indícios sobre a identidade do suspeito de ter abusado o bebê. A Justiça Federal autorizou buscas domiciliares e decretou a prisão preventiva do frentista de 33 anos.

Os investigados vão responder pelos crimes de estupro, com pena de reclusão de 8 a 15 anos, delitos de produção de pornografia infantil (quatro a oito anos de prisão e multa), distribuição de pornografia infantil (três a seis anos e multa) e armazenamento de pornografia infantil (um a quatro anos e multa).

Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?