Home » Esporte » Futebol Internacional » Jogo entre Brasil e Bélgica terá companheiros de time como adversários

Jogo entre Brasil e Bélgica terá companheiros de time como adversários

Jogadores da seleção brasileira vão enfrentar colegas de times europeus durante partida contra a Bélgica nas quartas de finais da Copa

A partida entre Brasil e Bélgica, que acontecerá nesta sexta-feira na Kazan Arena, pelas quartas de final da Copa do Mundo, colocará em lados opostos jogadores que estão acostumados a vestir a mesma camisa em clubes de França, Espanha e principalmente Itália.

Um dos destaques da seleção pentacampeã na vitória sobre o México por 2 a 0 na última segunda-feira, o meia-atacante Willian ainda busca seu primeiro gol em Copas. Para isso, terá de vazar Thibaut Courtois, seu colega de Chelsea, equipe que conta também com uma das estrelas da “ótima geração belga”, o meia Eden Hazard.

Ainda na Inglaterra, o Manchester City é a equipe que terá mais jogadores em campo em Kazan. Tite conta com o volante Fernandinho, que será titular devido à suspensão de Casemiro, o atacante Gabriel Jesus e o lateral-direito Danilo, que, embora já esteja recuperado de uma lesão no quadril, provavelmente será reserva.

Jesus será acompanhado de perto pelo zagueiro Vincent Kompany, capitão do City, enquanto Fernandinho terá de vigiar de perto o meia Kevin De Bruyne, com quem costuma trocar passes com a camisa da equipe de Manchester.

Nos bancos, estarão o goleiro Simon Mignolet, pelos ‘Diabos Vermelhos’, e o atacante Roberto Firmino, que é reserva, mas marcou o segundo gol do Brasil no triunfo sobre os mexicanos. Os dois foram vice-campeões europeus de clubes pelo Liverpool.

Na esquerda de ataque da seleção brasileira, a promessa é a de que haja um duelo recorrentes nos treinos coletivos do Paris Saint-Germain. Neymar será marcado pelo lateral-direito Thomas Meunier, reserva de Daniel Alves no time francês, que conta ainda com o zagueiro Thiago Silva.

Pelo Barcelona, jogam dois titulares absolutos da equipe pentacampeã mundial, os meio-campistas Paulinho e Philippe Coutinho. Se quiserem voltar a balançar a rede neste Mundial, os dois precisarão passar pelo zagueiro Thomas Vermaelen, com quem compartilham vestiário no clube espanhol.

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?