Home » Aconteceu » Homem morre após ser atropelado por trem do Metrô no DF, e serviço é interrompido por 40 min

Homem morre após ser atropelado por trem do Metrô no DF, e serviço é interrompido por 40 min

Piloto parou trem e acionou a segurança após perceber impacto; acidente ocorreu entre estações Concessionárias e Praça do Relógio. Passageiros foram trocados de veículo.

Um homem morreu na manhã desta sexta-feira (8) após ser atropelado por um trem do Metrô do Distrito Federal entre as estações Concessionárias e Praça do Relógio. O incidente foi registrado às 6h10 – dez minutos depois de os veículos começarem a circular. Por causa disso, o serviço foi interrompido por 40 minutos. Depois, por mais meia-hora, funcionou de forma reduzida.

Os passageiros que estavam no trem, que havia saído de Ceilândia e seguia no sentido Rodoviária do Plano Piloto, foram deslocados até a estação Águas Claras, onde trocaram de veículo. O piloto, que foi quem acionou o corpo de segurança após perceber o impacto, ficou em estado de choque e precisou ser substituído.

Funcionários do Metrô retiraram o corpo da via e o levaram para a Estação Estrada-Parque – uma das prontas que não está em funcionamento. O Corpo de Bombeiros constatou que o homem, que não havia sido identificado até a última publicação desta reportagem, teve hemorragia e traumatismo craniano.

Por volta de 9h10, o Instituto Médico Legal esteve no local para buscar a vítima. Em nota, o Metrô disse lamentar o incidente e afirmou que o homem invadiu a via. O caso é investigado pela 21ª Delegacia de Polícia.

Intervenção

Por causa da greve dos metroviários, iniciada em 9 de novembro, apenas 18 trens rodavam no horário de pico nesta manhã. Para permitir a retomada do serviço, ainda que de forma reduzida, pouco antes das 7h, o Metrô fez uma via “singela” entre as estações Metropolitana e Arniqueiras: os trens passavam pelo sentido oposto, para depois seguirem viagem.

Com isso, a velocidade caiu de 80 km/h para 20 km/h. Também foi necessário que os trens precisassem parar para esperar a passagem de outros.

Publicação: Redação Brasil (m)
Tags

Publicações Similares

Login

Perdeu sua senha?