Home » Mundo » Ámerica Latina » Ex-presidente do Peru envolvido em caso Odebrecht comete suicídio

Ex-presidente do Peru envolvido em caso Odebrecht comete suicídio

Polícia peruana cumpria ordem judicial para prender Alan García, acusado de corrupção

O ex-presidente do Peru Alan García disparou contra si mesmo, nesta quarta-feira (17), em sua casa quando iria ser detido em cumprimento a uma ordem judicial por supostos crimes de corrupção no caso Odebrecht.

Em meio a uma grande confusão, o ex-mandatário (1985-1990 e 2006-2011) chegou a ser levado ao hospital Casimiro Ulloa de Lima, mas não resistiu.

Testemunhas consultadas por uma emissora de televisão do Peru indicaram que García chegou ao hospital coberto por uma manta vermelha e, pouco depois, seu filho entrou rapidamente no local.

Também foi ordenada hoje a detenção de Luis Nava, secretário da Presidência durante o governo do líder do Partido Aprista, e Miguel Atala, ambos colaboradores próximos do ex-presidente e apontados como seus testas-de-ferro.

A situação legal de García se complicou depois que, no último domingo, foi divulgado que a construtora Odebrecht, em acordo de delação premiada com a Justiça peruana, revelou que o ex-secretário da Presidência e seu filho José Antonio Nava receberam US$ 4 milhões da empresa para a concessão do contrato de construção da Linha 1 do Metrô de Lima.

Com Agência EFE

Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?