Home » Mundo » Estados Unidos » Europa está no meio de tensão entre EUA e Irã para evitar nova guerra no Oriente Médio

Europa está no meio de tensão entre EUA e Irã para evitar nova guerra no Oriente Médio

A Europa está sendo pressionada para tentar evitar o início de mais uma guerra no Oriente Médio. A escalada na tensão entre Estados Unidos e Irã é uma preocupação no continente europeu e a sensação é de que não há muito mais o que ser feito.

O governo de Teerã ameaça romper de vez o acordo nuclear de 2015, enriquecendo mais urânio que o combinado com potências internacionais. É uma reação aos embargos dos Estados Unidos retomados depois que o país se retirou do acordo em uma decisão do presidente Donald Trump.

Ao mesmo tempo, os ataques recentes a navios petroleiros no Golfo de Omã também elevaram a retórica na região com o país persa. Os Estados Unidos afirmam que os iranianos estão por trás dos atentados. A intenção seria atrapalhar a movimentação de petróleo na região já que o país viu suas exportações despencarem por causa das sanções americanas.

No meio dessa disputa, a Europa não sabe bem o que fazer. O continente não tem como compensar as perdas financeiras que o governo de Teerã registra desde as decisões de Trump.

Além disso, a região observa com preocupação a movimentação dos Estados Unidos que se aproxima cada vez mais de um conflito na região. As forças armadas americanas confirmaram que mais mil soldados serão enviados para o Oriente Médio em resposta ao comportamento hostil das forças iranianas.

Especula-se que, embora Donald Trump tenha demonstrado certa aversão à guerra e a intervenções no exterior, integrantes de seu gabinete têm sentido o cheiro da oportunidade de forçar uma troca de regime em Teerã.

E é isso que preocupa os europeus – uma ação militar no Irã seria algo muito mais dramático e complexo que a intervenção no Iraque na década passada.

*Com informações do repórter Ulisses Neto

 

Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?