Home » Brasil » Segurança » Cristian Cravinhos é condenado a 4 anos e 8 meses de prisão por suborno

Cristian Cravinhos é condenado a 4 anos e 8 meses de prisão por suborno

Condenado por participar de assassinato do casal Richthofen, Cristian ofereceu dinheiro a policiais

Condenado por ter assassinado Manfred e Marísia Richthofen junto com seu irmão Daniel e a filha do casal, Suzane von Richthofen, Cristian Cravinhos foi sentenciado novamente na noite desta segunda, desta vez por tentativa de subornar policiais. A pena imposta pela 2ª Vara Criminal é de quatro anos e oito meses de prisão. Por reincidência, Cristian, que estava em regime aberto, deverá retornar imediatamente à penitenciária 2 de Tremembé.

O réu foi denunciado por suspeita de agredir uma mulher em um bar no dia 18 de abril, mas a vítima não registrou queixa. Ao averiguarem a confusão, os policiais encontraram munição na posse de Cristian e decidiram conduzi-lo a uma delegacia. Com medo de perder o regime aberto, Cristian ofereceu 1.000 reais aos policiais e prometeu outros 2.000, que o irmão Daniel traria de São Paulo, informa a denúncia. Ele também cogitou vender sua motocicleta e dividir o valor com os policiais. O réu foi inocentado da acusação de posse ilegal de munição de uso restrito em um bar de Sorocaba, mas acabou condenado por suborno.

Em 2006, Cristian Cravinhos foi condenado a 38 anos e seis meses de prisão por ser coautor do assassinato do casal Richthofen. Em agosto de 2017, foi autorizado pela polícia a cumprir o restante da pena em regime aberto. A defesa do réu ainda vai recorrer da sentença por não concordar com a pena aplicada.

Fonte: Portal Veja

 

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?