Home » Esporte » Futebol Brasileiro » Convocado para os Jogos Asiáticos, Son mira ouro para evitar serviço militar

Convocado para os Jogos Asiáticos, Son mira ouro para evitar serviço militar

O atacante sul-coreano Son Heung-min foi convocado nesta segunda-feira (16) pela Associação de Futebol da Coreia (KFA) para os Jogos Asiáticos, nos quais poderá evitar o serviço militar obrigatório se conquistar a medalha de ouro no futebol.

A KFA anunciou que o jogador do Tottenham será um dos três integrantes com idade acima de 23 anos que defenderão o país na competição, que será disputada em Jacarta e Palembang (Indonésia), entre os dias 18 de agosto e 2 de setembro.

Os outros dois jogadores com mais de 23 anos são o goleiro Jo Hyeon-woo, que teve boa atuação durante a Copa do Mundo, e o atacante Hwang Ui-jo.

O privilégio de poder ser dispensado do serviço militar, que dura 21 meses e é obrigatório para homens de 18 a 35 anos, se estende a todos os 23 convocados em caso de título. A lei do país asiático, que oficialmente ainda está em guerra com a Coreia do Norte, estabelece que qualquer atleta com medalha olímpica ou medalha de ouro nos Jogos Asiáticos fica eximido do compromisso militar.

O caso de Son é especialmente destacado por se tratar do jogador de maior projeção no país. Se o atleta de 26 anos não alcançar este feito, é possível que tenha que romper o contrato com o Tottenham, que vai até 2020.

A legislação sul-coreana permite que a prática esportiva para menores de 28 anos também seja validada como serviço militar se ele atuar pelo Sangju Sangmu, que pertence às Forças Armadas e está na primeira divisão da liga sul-coreana, ou no Asan Mugunghwa, da Associação Nacional de Polícia e que disputa a segunda divisão do país.

Mas, para que Son possa atuar em alguma dessas equipes, a lei obriga pelo menos uma temporada em outro clube sul-coreano. Isso significa que o atacante pode ter que se transferir para o país natal ainda nesta temporada caso não consiga o ouro em setembro.

Um ponto positivo para o jogador dos Spurs é que a Coreia do Sul é uma das principais favoritas na disputa, sendo a atual campeã após vencer a edição de 2014. O time ainda tem mais três medalhas de ouro, três de prata e três de bronze.

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?