Home » Ciência » História » Conheça 4 curiosidades sobre os tiranossauros

Conheça 4 curiosidades sobre os tiranossauros

Com seus corpos gigantes — entre oito e 15 metros de comprimento e pesando entre duas e oito toneladas — e seus bracinhos minúsculos, os tiranossauros (ou tiranossaurídeos, na nomenclatura mais precisa) foram o terror do período Cretáceo.

O Tyrannosaurus Rex é o gênero mais conhecido da família é o , que como o nome indica não era flor que se cheirava: seu nome significa “lagarto tirano rei” ou “réptil tirano”. Conheça quatro curiosidades sobre ele e esta família de dinossauros carnívoros:

Uma família e tanto
Havia representantes de tiranossaurídeos principalmente na Ásia e na América do Norte. Eis os gêneros conhecidos: Dilong, o “dragão imperador” que viveu na China; Guanlong, “dragão de crista”, também da China; Eotyrannus, “tirano da alvorada”, encontrado na Ilha de Wight, do Reino Unido; Nanotyrannus, “pequeno tirano”, que desperta controvérsias se de fato era um gênero ou só um jovem T. Rex; Alectrosaurus, pequeno e veloz; Albertosaurus, do Canadá; Daspletosaurus, “lagarto medonho”; Gorgosaurus, da América do Norte; Tarbosaurus, “lagarto espantoso”; Raptorex, descoberto na Mongólia; o Tyrannosaurus, mais conhecido como T. Rex; e, recentemente descoberto no Utah, Estados Unidos, o Moros intrepidus, que tinha o tamanho de um veado e seria o representante mais antigo da família.

Anatomia perfeita para caçar
Com crânios enormes e uma mandíbula com músculos poderosos, a mordida de um tiranossaurídeo era muito potente. Os corpos grandes e pesados eram fortes o suficiente para destruir a armadura de um anquilossauro, dinossauros herbívoros considerados difíceis de serem abatidos. As órbitas oculares grandes indicavam ótima visão e o olfato era provavelmente muito apurado. E eram rápidos: a corrida de um T. Rex, por exemplo, podia chegar a 40km/h.

Fósseis de Tiranossauro Rex no Palácio da Descoberta, em Paris, França (Foto: Wikimedia Commons)
Embora terríveis, eles não eram os maiores carnívoros
O T. Rex em geral leva a fama de ser o maior dinossauro carnívoro, mas se considerado o tamanho literal, ele perdia para dois dinossauros: o Giganotosaurus, da família Carcharodontosauridae que vivia na América do Sul, e o africano Spinosaurus, da família Spinosauridae.

O maior fóssil está no Museu Field de História Natural de Chicago
O maior e melhor preservado esqueleto de um T. Rex foi encontrado pela paleontóloga Susan Hendrickson em agosto de 1990, durante suas escavações na Dakota do Sul. Apelidado de “Sue”, tem 12,8 metros do focinho até a cauda, quatro metros da cabeça aos quadris e pelo menos 65 milhões de anos. Foi comprado pelo Museu Field de História Natural de Chicago por US$ 8,36 milhões em 1997, onde permanece em exposição desde os anos 2000.

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?