Home » Esporte » Futebol Brasileiro » Com mandado vetado, Gustavo Scarpa segue vinculado ao Fluminense

Com mandado vetado, Gustavo Scarpa segue vinculado ao Fluminense

Há 83 dias sem poder treinar e jogar pelo Palmeiras, Gustavo Scarpa sofreu uma nova derrota judicial nesta quinta-feira (7). O atleta, através de seus advogados, entrou com um mandado de segurança no Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro para autorizá-lo a firmar contrato com outro clube enquanto o processo que move contra o Fluminense corre na justiça.

O pedido acabou sendo negado e o Fluminense venceu a disputa por oito votos a três. Com isso, o contrato do jogador com o Palmeiras segue suspenso, até a juíza Dalva Macedo, da 70ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, definir sua situação com o clube carioca – ainda não há data marcada para a publicação da decisão da magistrada.

A briga judicial entre atleta e Fluminense teve início no fim do ano passado, quando Gustavo Scarpa entrou na justiça cobrando quase R$ 10 milhões do clube. O atleta conseguiu uma liminar que permitia ele assinar com outro clube, sem precisa pagar nada ao Fluminense – ele acertou com o Palmeiras.

O clube carioca recorreu da decisão e no dia 16 de maço, o TRT-RJ derrubou a liminar que o liberava. O contrato de Gustavo Scarpa com o Palmeiras foi suspenso e o meia voltou a ser atleta do Fluminense. O atleta não se apresentou ao clube e desde então vem treinando sozinho em sua cidade natal, Hortolândia, no interior de São Paulo.

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?