Home » Brasil » Segurança » Após 14 horas, militar que mantinha mulher e filhos reféns se rende

Após 14 horas, militar que mantinha mulher e filhos reféns se rende

Homem ameaçou a família com uma arma e chegou a agredir a esposa

O tenente-coronel do Exército que mantinha a mulher e os dois filhos reféns no apartamento da família, em Cascadura, no Rio de Janeiro, se entregou após 14 horas de tensão. De acordo com O Globo, o porta-voz da Polícia Militar, coronel Mauro Fliess, informou que o homem foi levado para a 29ª DP (Madureira).

Identificado como André Luiz, 50 anos, o militar ameaçou a família, segundo relatos de uma testemunha que não quis ser identificada. “Ela [a mulher] começou a gritar. Depois disso, uma vizinha ligou para a portaria, que acionou a polícia. O motivo da briga seria uma possível traição dela”, contou ao veículo.

O processo de negociação foi tenso, de acordo com o coronel Fliess. Ele afirmou que todos os protocolos foram seguidos e os reféns ficaram “sob controle, na medida do possível”. A ação contou com apoio de psicólogos e policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e atiradores de elite.

Para o coronel Fliess, o motivo da ameaça feita pelo militar se refere a problemas familiares. “Ele demonstrou um descontrole. É uma questão pessoal dele, que será abordada pelo Exército”, explicou.

Publicação: Redação Brasil (m)

Login

Perdeu sua senha?