Home » Brasil » Congresso » A data que preocupa Rodrigo Maia e o Planalto

A data que preocupa Rodrigo Maia e o Planalto

Caso Supremo demore para decidir sobre constitucionalidade da reeleição, poderá haver uma enorme insegurança jurídica sobre projetos aprovados neste ano

Um dos pontos mais discutidos entre Rodrigo Maia e a turma que o ajuda na campanha à reeleição da presidência da Câmara é data em que o Supremo decidirá se a candidatura do deputado fluminense é legal ou não.

Na hipótese de Maia se reeleger e o STF demorar para se debruçar sobre a questão, a situação complica.

Isso porque, caso os ministros entendam que a reeleição agride a Constituição, criar-se-á uma insegurança jurídica sem tamanho sobre todas as votações realizadas durante o segundo mandato de Maia.

O Palácio do Planalto também está ligadíssimo no tema. Mas, nas internas, os aliados de Michel Temer não acreditam que o Supremo irá considerar inconstitucional a candidatura de Maia, principalmente se o julgamento ocorrer após a eleição.

Não só isso. Acham quase impossível Cármen Lúcia e seus colegas derrubarem projetos já aprovados pela Câmara, mesmo que decidam pela ilegalidade da candidatura do preferido do governo.

Publicação: Redação Brasil (m)
Tags

Login

Perdeu sua senha?